Dicas para Gestantes

DICA 1. PRÉ-NATAL: Você sabia que quanto antes fizer o seu pré-natal, melhor pode ser para o bebê? Afinal, todo bom pré-natal é fundamental para ajudar a cuidar da saúde do seu pequenino. Por isso, assim que pegar o seu teste de gravidez positivo, é interessante já decidir e marcar o lugar da sua primeira consulta.








 

 

DICA 2. FORÇA, MAMÃE! Existem dicas que a gente sempre ouve falar, mas que não sabemos de fato todos seus benefícios. Fazer atividades físicas regularmente durante a gravidez, por exemplo, é uma delas. Afinal, um bom programa de exercícios vai te dar a força e resistência necessárias para carregar o peso extra da gravidez e ainda ajuda a aguentar o estresse físico do parto.







 

 

DICA 3. EXERCITE SEU HUMOR: Pode alongar seu corpo e o seu sorriso porque tá liberado: praticar exercícios físicos contribui para que você entre em forma mais rápido depois que o seu bebê nascer. Sem contar que também ajuda a liberar serotonina, melhorando seu humor e reduzindo o risco de baixo astral.








 

 

DICA 4. EXERCITAR, MAS SEM FORÇAR. Se você já está acostumada a se exercitar, o mais provável é que possa continuar com a mesma atividade de sempre. Mas é bom conversar com o profissional que orienta seu treino para que vocês possam chegar numa combinação que te deixe confortável e seja eficiente. Só não vale forçar a barra, tá?







 

 

DICA 5. PEGA LEVE, MAMÃE! Evite esportes que tenham riscos de quedas ou impactos. Prefira atividades mais amenas, como caminhadas, natação, hidroginástica e ioga.











 

 

DICA 6. AUTOMEDICAÇÃO, NÃO! Lembre-se: agora que está grávida, você não vai ficar tomando qualquer remédio sem saber, né? Mas se você costuma usar algum medicamento, não esqueça de perguntar na primeira consulta do pré-natal se vai poder continuar tomando.








 

 

DICA 7. É NORMAL, DOUTOR? Antes da consulta, tente lembrar os problemas que costuma ter com frequência (alergias, cólicas, dor de cabeça, problemas de pele etc.) e os remédios que toma para combatê-los. Faça uma lista e verifique com o seu médico o que você vai poder tomar, caso necessário.








 

 

DICA 8. APAGUE SEUS PROBLEMAS. Pare de fumar. Mulheres que fumam correm mais riscos de sofrer aborto espontâneo, parto prematuro e de ter um bebê com problemas de peso. Mas mesmo se você não conseguir parar totalmente, qualquer redução no número de cigarros que fuma por dia já facilita um pouco a vida do seu bebê.








 

 

DICA 9. UM BRINDE À VIDA! Futuras mamães, evitem consumir bebidas alcoólicas regularmente. O álcool chega rapidamente ao bebê pela placenta, sem contar que a grande ingestão de álcool durante a gravidez está ligada a doenças da Síndrome Alcoólica Fetal, que pode incluir desde dificuldades de aprendizagem até problemas congênitos graves.







 

 

DICA 10. VIRAR? SÓ SE FOR VIRAR MÃE. Beber muito, mesmo que eventualmente, também é prejudicial à gestante e ao bebê. O mais garantido é seguir a orientação do Ministério da Saúde e da Organização Mundial da Saúde e não beber nadinha de álcool durante a gravidez.








 

 

DICA 11. DESCANSE. O cansaço e o sono que você sente no primeiro e no terceiro trimestre da gravidez não são nada mais que seu corpo pedindo para você pegar leve. Uma soneca todo dia depois do almoço é uma pedida perfeita. Mas, se não der, tente dar uma relaxadinha de meia hora, pondo os pés para cima, do jeito que conseguir.







 

 

DICA 12. TENHA CALMA. Técnicas de relaxamento como ioga, alongamentos e massagens ajudam a reduzir o estresse e colaboram para você dormir bem. Informe-se sobre a sensação de cansaço da gravidez e descubra o que mais o médico quer que você saiba.